TESTE

Netflix

Os 10 melhores filmes de Ficção Científica Originais Netflix

por Fernando Diego Sioli

Misture elementos futurísticos com tecnologias ainda não inventadas, bases científicas que podem criar realidades possíveis mas terríveis, uma pitada de ação ou terror e um pouquinho de filosofia, e assim temos a criação de uma ótima Ficção Científica.

Se alguns filmes desse gênero trouxeram tecnologias que já utilizamos, como as ligações de vídeo de "2001: Uma Odisseia no Espaço", a realidade é que hoje temos ao nosso dispor uma ferramenta de mídia audiovisual que fica sempre ao nosso dispor em nossos computadores, smartphone e TVs: a Netflix.

VEJA TAMBÉM: 10 filmes imperdíveis do Studio Ghibli

Pensando nisso a CONE compilou os melhores filmes produzidos pela Netflix para você escolher e só dar o play no conforto da sua casa.

A maioria desses filmes foi lançada há menos de 6 anos, já que a Netflix começou a produzir seus próprios filmes em 2015 com "Beasts Of No Nation", fazendo dessas obras mais frescas e com possibilidades de narrativas mais inovadoras.

Confira a lista abaixo com 10 ótimos filmes de sci-fi, todos originais da Netflix:

10. ARQ

ARQ Netflix
ARQ Netflix (foto: Divulgação/Netflix)

Protagonizado pelo Robbie Amell, da série Flash, e pela Rachel Taylor, a Trish da série também da Netflix Jessica Jones, o filme se passa num futuro não muito distante. E o enredo gira em torno da criação de um dispositivo que cria uma fonte de energia infinita, algo que pode salvar a humanidade. Porém, o dispositivo cria um loop temporal.

Com as cenas se repetindo no cenário restrito do esconderijo dos protagonistas, a história de ARQ se desenrola de forma criativa até o aumento do problema em uma escala global. Confira o trailer de ARQ de 2016 no player abaixo:

 

9. TAU

TAU Netflix
TAU Netflix (foto: Divulgação/Netflix)

Em TAU, a internet das coisas, fundamento da tecnologia onde os objetos e eletrodomésticos de casa estão conectados à internet e com algoritmos, se torna um poderoso e mortal antagonista, através de uma inteligência artificial, que dá nome ao título do filme.

Julia, interpretada por Maika Monroe, ganha seu dinheiro em boates underground e acaba sendo raptada. Seu raptor, Alex interpretado por Ed Skrein, a transforma na Cobaia 3 e ela tem o trabalho de ser o último teste da inteligência artificial. Confira o trailer de TAU de 2018 no player abaixo:

8. Sombra Lunar

Sombra Lunar
Sombra Lunar (foto: Divulgação/Netflix)

Com elementos de suspense policial, Sombra Lunar desenvolve uma história de crimes de uma serial killer, que se repete há cada 9 anos. No entanto, viagem no tempo é a premissa para os pontos chave para o desenrolar do enredo. Confira o trailer do thriller de ficção científica no player abaixo:

7. A Gente Se Vê Ontem

A Gente Se Vê Ontem
A Gente Se Vê Ontem (foto: Divulgação/Netflix)

Importante e, ao mesmo tempo, despretensioso, A Gente Se Vê Ontem conta a história de dois amigos que criam uma máquina do tempo para salvar o irmão de um deles. Que foi morto injustamente durante uma ação policial.

A mensagem do filme, protagonizado(Eden Duncan-Smith e Danté Crichlow), dirigido (Stefon Bristol) e produzido (Spike Lee) por pessoas negras, traz um dos graves problemas da nossa sociedade atual. Que é o racismo institucional que leva a morte da população negra e pobre em diversos países, como EUA e Brasil. Veja o trailer:

6. Next Gen

Next Gen
Next Gen (foto: Divulgação/Netflix)

Apesar de ser uma animação juvenil (Isso mesmo! Uma sci-fi de animação!), Next Gen traz questões bem próximas da nossa sociedade atual. Entre elas, o uso excessivo de celular, a dominação dos drones e a sensação de não pertencimento, como é o caso da adolescente protagonista Mai.

Na trama, Mai fica amiga do primeiro robô com uma inteligência real, que faz aprender coisas novas. E assim, a dupla precisa derrotar o vilão da tecnologia, enquanto aprendem sobre aproveitar a vida verdadeiramente.

5. Extinção

Extinção
Extinção (foto: Divulgação/Netflix)
O longa Extinção é uma ficção científica menos filosófica. Apesar de alguns clichês, o filme surpreende pelos plot twists, boas atuações e ação que traz algo despretensioso.

Na história, o ator Michael Peña interpreta Peter que vê seus pesadelos, com sua família sendo assassinada, se tornando realidade. E, assim, precisa mostrar que é um bom pai e marido (Saudades Guerra dos Mundos) quando uma invasão alienígena toma conta da cidade. Confira o trailer de Extinção de 2018 no player abaixo:

4. The Cloverfield Paradox

The Cloverfield Paradox
The Cloverfield Paradox (foto: Divulgação/Netflix)


O terceiro filme dentro da franquia Cloverfield traz temas bem diferentes dos dois primeiros (Cloverfield - Monstro e Rua Cloverfield 10). Dessa vez, o filme se passa no espaço e conta como uma equipe de astronautas tentam criar uma fonte de energia infinita. Mas não estavam preparados para os efeitos que isso traria. E é assim que começam os vários problemas que desafiam a física e a realidade.

The Cloverfield Paradox aposta em uma sci-fi de espaço com sobrevivência, criando conexões entre os personagens, que precisam lidar com situações confusas e outras filosóficas.

3. Onde Está Segunda-feira?

Onde Está Segunda-Feira?
Onde Está Segunda-Feira? (foto: Divulgação/Netflix)

Num futuro distópico, foi preciso criar medidas para conter a superpopulação, e assim cada filho após o primogênito em crio-sono por uma agência de controle do governo. Porém, quando um avó, interpretado por Willem Dafoe, se vê sozinho com sete gêmeas que perderam sua mãe no parto, ele que cria uma forma de burlar o sistema: cada gêmea será uma mesma persona em cada dia da semana. É aí onde a história de Onde Está Segunda-feira? começa.

Com uma similaridade com Orphan Black, mas bem diferente, o filme se mostra como uma ótima ação com final surpreendente e boas atuações, como as gêmeas de Noomi Rapace. Confira o trailer no player abaixo:

2. Black Mirror: Bandersnatch

Black Mirror: Bandersnatch
Black Mirror: Bandersnatch (foto: Divulgação/Netflix)

Dessa vez, a Netflix foi longe demais. E criou uma tecnologia para confirmar que a frase "Isso é tão Black Mirror!" continuasse sendo utilizada. Bandersnatch é o primeiro filme interativo, com um história que muda de acordo com as escolhas do espectador.

A trama ainda é metalinguística. Ambientada em 84 na Inglaterra, o protagonista, um jovem desenvolvedor de jogos chamado Stefan Butler (Fionn Whitehead), se sente estranho, como se estivesse sendo controlado por alguém. E assim tendo a ideia de criar um jogo onde as decisões levam a vários finais; e então começa a tentativa de vender o jogo para uma desenvolvedora. Confira o trailer do filme da série Black Mirror:

1. Aniquilação

Aniquilação
Aniquilação (foto: Divulgação/Netflix)

Natalie Portman é Lena, uma bióloga que é convocada pelo governo para ajudar em uma expedição secreta, onde aconteceu uma anomalia. A área produz um brilho e todos que entram não voltam mais, assim como a última equipe de soldados, que inclui o marido de Lena, Kane, interpretado por Oscar Isaac. Então, a nova equipe fica responsável por entender essa contaminação e retornar com vida.

Dirigido por Alex Garland, mesmo diretor de Ex_Machina: Instinto Artificial, Aniquilação levanta temas mais sociais, desde humanidade, família, felicidade, como temas científicos, como evolução e criação. Tudo isso sem subestimar o público.

O que você achou da nossa CONE LISTA? Corre no nosso Instagram e comenta o filme que você ama e que não tá aqui. Acesse no link ou no banner abaixo. E se você também acha necessário uma seleção dos piores filmes de Ficção Científica, pra você não perder seu preciso tempo.

Divulgação
Divulgação (foto: Divulgação)

Recomendados